Segunda-feira, 11 de Novembro de 2019 (66) 98428-3004
informe o texto a ser procurado

Notícias / Exportações

23/04/2018 | 07:10

México e Argentina batem Brasil em orgânicos

Argentina é o país latino com maior superfície; México tem mais produtores

Repórter Agro | Portal do Agronegócio

México e Argentina batem Brasil em orgânicos

Repórter Agro

Foto: Reprodução

Aos poucos, a indústria de produção e comercialização de alimentos orgânicos começa a implementar as suas regras. Alguns países contam com um etiquetado que acompanha os produtos e certifica que estão livres de qualquer químico.

 

Nos países desenvolvidos, o controle para esses produtos é através de parceria público-privada. Existem empresas ou ONGs que os certificam, que são controladas por institutos públicos e que acreditam a essas companhias e aos produtores rurais orgânicos.

 

Mas ainda a nível normativa faltam políticas para que os alimentos orgânicos sejam mais competitivos e que toda a população tenham acesso, não somente a de maiores recursos econômicos.
 

A Argentina é o país latino-americano com a maior superfície semeada de orgânicos, enquanto que o México é o país com mais produtores do continente, segundo o site Sputnik News. O Brasil ampliou fortemente seu mercado interno em anos recentes.

 

“Em um princípio eram uns dez gatos pingados. Mas a pouco a pouco a voz foi se espalhando… ‘olhe, existem esses produtos’. E as pessoas começaram a tomar consciência das doenças que estavam ocorrendo com familiares e amigos.

 

E se deram conta que era um assunto de alimentação”, explicou Besy Levy, diretora-geral da empresa mexicana The Green Corner, exportadora desses produtos.

 

Apesar do aumento da demanda interna por orgânicos (na Argentina, por exemplo, cresceu entre 300% e 400%), ainda a maioria dos produtos que se produzem na América Latina são exportados a Estados Unidos e Europa.

 

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Desenvolvido por Investing.com
Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.
 
Sitevip Internet