Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021 (66) 98428-3004
informe o texto a ser procurado

Notícias / Brasil

23/06/2020 | 15:45

Brasil quer agronegócio verde

Plano de Investimento lançado nesta terça-feira (23) visa Agricultura Sustentável

AGROLINK

Brasil quer agronegócio verde

Foto: Oliveira, Tiago Cardoso

Dar maior visibilidade ao cenário de oportunidades de investimento verde no agronegócio brasileiro, focando em práticas sustentáveis, é o objetivo do Plano de Investimento para Agricultura Sustentável lançado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Climate Bonds Initiative (CBI), durante um webinar. A CBI é a principal autoridade mundial no tema e a única certificadora global de títulos verdes.

O Brasil busca protagonismo e ser uma potência agroambiental, fortalecendo o mercado de finanças verdes. Segundo a ministra, Tereza Cristina, os investimentos verdes podem alcançar cifras bilionárias no Brasil, levando em conta que o capital de giro para movimentar atividades agropecuárias se aproxima de US$ 100 bilhões por ano. O montante aumenta ao se considerar todo o agronegócio, como a produção de insumos, logística, industrialização e comercialização. “Precisamos do desenvolvimento das finanças verdes do agro como forte indutor da concretização deste cenário”, afirmou.

Ela reforçou que o país tem uma das atividades agropecuárias mais sustentáveis a nível mundial, produzindo em áreas degradadas sem abertura de novas áreas, preserva 66% da vegetação nativa e adota métodos como o sistema de Integração-Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). 

Uma pesquisa com 3 mil investidores, de 85 países, revelou que os investidores brasileiros lideram o ranking como os mais estão atentos ao tema ao destinar recursos para empreendimentos. A diretora-executiva da CBI, Justine Leigh-Bell, ressaltou que os investimentos verdes no Brasil podem crescer em grande escala, por meio de melhor visibilidade dos segmentos aptos para investimento. “Estamos na direção certa, mas há muito trabalho a ser feito. Eu tenho expectativa de que haverá muito sucesso por parte do Brasil”.

O primeiro título verde do país foi emitido em junho de 2015 e, desde então, já são 25 títulos emitidos. No cenário global, esse volume, somente em 2019, chega à emissão recorde de aproximadamente US$ 260 bilhões. 

*Com informações do Mapa

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Desenvolvido por Investing.com
Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.
 
Sitevip Internet