Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021 (66) 98428-3004
informe o texto a ser procurado

Notícias / Brasil

13/07/2020 | 09:01 - Atualizada em 13/07/2020 | 09:11

Alexandre Garcia fala sobre queimadas em áreas dos grupos Roquetto e Schlatter na região do Xingu

Redação - Repórter Agro

Alexandre Garcia fala sobre queimadas em áreas dos grupos Roquetto e Schlatter na região do Xingu

Foto: Reprodução

O jornalista Alexandre Garcia publicou um podcasts onde relata as atuais situações sobre queimadas no Brasil perante o cenário Mundial do Agro.

Segundo Alexandre um jornal internacional publicou uma nota afirmando que em 2020 foram registrados os maiores índices de queimadas dos últimos 11 anos na Amazônia e que grandes investidores estão paralisando os investimentos diante desta situação.

De acordo com dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (IMPE), de 01 de Janeiro a 11 de Julho de 2020 foram registrados 8.766 pontos de incêndios registrados pelos sensores na Amazônia, o que representa redução de 22% quando comparado ao ano anterior.

Ou seja, tais dados divulgados internacionalmente devem ser avaliados. Alexandre destacou casos ocorridos durante este final de semana, onde não foram os proprietários e sim criminosos que incendiaram áreas.

Alexandre destacou que no Xingu, terras dos grupos Roquetto e Schlatter foram incendiadas de forma criminosa, foram 1.000 ha de milho, possivelmente criminosos que querem sabotar o agro.

Confira na integra o Podcasts de Alexandre Garcia

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Desenvolvido por Investing.com
Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.
 
Sitevip Internet