Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020 (66) 98428-3004
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agronegócios

09/09/2020 | 16:01

Colheita de trigo atinge 11% da área no Paraná; plantio de milho 20/21 segue adiantado

Avanço representa 8 pontos percentuais comparado à semana anterior

REUTERS

Colheita de trigo atinge 11% da área no Paraná; plantio de milho 20/21 segue adiantado

Foto: Reprodução

A colheita de trigo alcançou 11% da área no Paraná até terça-feira, avanço de 8 pontos percentuais comparado à semana anterior, mas com atraso em relação aos 28% registrados um ano antes, informou o Departamento de Economia Rural (Deral) nesta quarta-feira.Os primeiros trabalhos de colheita no maior Estado produtor do cereal foram reportados pelo órgão estadual na semana passada. Segundo o Deral, 66% das lavouras são consideradas boas e 25% estão em condições médias. Quase metade das áreas está em estágio de maturação. A colheita de milho segunda safra 2019/20, por sua vez, atingiu 89% da área, aumento de 11 pontos percentuais em relação à semana anterior. No mesmo período do ano passado, quando os trabalhos foram mais adiantados, a colheita estava praticamente concluída (99%) nesta época. Cerca de 45% das lavouras de milho segunda safra são consideradas boas e 37% estão em condições médias.

Os 18% das áreas restantes, que são classificadas como ruins, estão suscetíveis a perdas irreversíveis. SAFRA NOVA O plantio de milho 2020/21 alcançou 16% das áreas paranaenses, avanço de 7 pontos percentuais no comparativo semanal e está adiantado em relação aos 9% registrados no mesmo período do ciclo anterior. Segundo o Deral, 96% das áreas estão em condições boas e 4% em médias. As lavouras estão divididas entre os estágios de germinação (56%) e desenvolvimento vegetativo (44%). Em sua primeira projeção para o ciclo atual, divulgada no fim de agosto, o Deral estimou alta de 1% na área de plantio de milho primeira safra, para 358,6 mil hectares.

No entanto, a produção do cereal de verão pode recuar 3%, para 3,44 milhões de toneladas, pressionada pelo recuo na produtividade, estimada em 9.609 kg por hectare ante 10.017 kg em 2019/20.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Desenvolvido por Investing.com
Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.
 
Sitevip Internet