Quarta-feira, 10 de Agosto de 2022 (66) 98428-3004
informe o texto a ser procurado

Notícias / Milho

26/07/2022 | 10:42

Milho: Compradores continuam sem vontade

Em Santa Catarina o milho continua pressionado pela entrada da safra e compras no Centro-Oeste.

AGROLINK -Leonardo Gottems

Milho: Compradores continuam sem vontade

Foto: Repórter Agro

Os compradores de milho do Rio Grande do Sul continuam sem muita vontade de comprar, recebendo contratos, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Mercado segue andando de lado, com compradores e vendedores locais, muito ausentes. Fábricas com foco total em receber contratos futuros do Centro-Oeste, sem olhar muitas ofertas novas. Há muitas reclamações sobre atrasos de entregas dos milhos contratados, que acaba tumultuando o mercado, pois a indústria não faz novas compras, para não comprometer seus fluxos de recebimentos. O dia foi de maior volume de ofertas vindas de fora, com preços que chegariam a R$ 90,00 + R$ 91,00 + mas sem interesse de compra”, comenta.

Em Santa Catarina o milho continua pressionado pela entrada da safra e compras no Centro-Oeste. “Continuam os pequenos negócios para pequenas granjas, mas nada que forme mercado. Os vendedores continuam resistindo em fazer negócios com preços mais baixos. Últimos negócios conhecidos saíram a negócios a R$ 92 CIF Videira e a R$ 88,00 FOB Rio do Sul. Os grandes compradores continuam recebendo contratos fechados anteriormente no Centro-Oeste do país, sem nenhum interesse nas ofertas locais (mais altas), no momento”, completa.

O mercado paranaense segue fraquíssimo de ofertas, já que os vendedores recuaram diante da queda dos preços. “Hoje não foram vistas mais do que 5 mil tons em ofertas no estado, dentre todos os corretores e empresas. Com a safra do MT bem avançada, muita coisa tem chegado de lá e os compradores tem recusado as ofertas de milho paranaense. Pontualmente, o mercado deve ter rodado umas 2k, eventualmente no oeste e sudoeste, mas não ouvimos detalhes dos negócios. De um modo geral as ofertas e as indicações foram as seguintes: Londrina R$ 80,00 x R$ 77,00; Maringá R$ 80 x R$ 78; Guarapuava R$ 81 x R$ 79 e Ponta Grossa R$ 81 x R$ 78,00”, conclui.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Desenvolvido por Investing.com
Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.
 
Sitevip Internet