Imprimir

Imprimir Notícia

13/10/2021 | 10:18 | Atualizada: 13/10/2021 | 10:22

Senar-MT leva capacitação para comunidade se desenvolver na agricultura

Com o objetivo de iniciar no ramo da agricultura, moradores das Terras Indígenas Batovi e Parque do Xingu aprenderam a operar e a fazer manutenção em tratores agrícolas. As capacitações foram ofertadas pela parceria entre Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e o Sindicato Rural de Gaúcha do Norte, entre 20 de setembro e 1º de outubro, após a Fundação Nacional do Índio (Funai) doar o trator à comunidade.

Segundo a participante, Aianuke Waura, a ideia é implantar lavouras nas terras. "A gente quer plantar milho e arroz para termos a nossa própria autonomia e liberdade. Além disso, o curso também está ensinando os jovens a aprenderem um trabalho", afirmou.

O participante Aulahu Waura contou que a expectativa era grande e está ansioso para começar o trabalho no ramo. "A gente estava esperando esse curso e esse trator vai ajudar muito. A nossa esperança é trabalhar com agricultura e por isso estamos muito agradecidos pelo apoio do Senar-MT que nos ensinou", destaca.

Com o equipamento e a capacitação, os participantes estão aptos a entrar no mercado de trabalho agrícola. "A iniciativa visa preparar os indígenas com a capacitação necessária para os mesmos exercerem as suas capacidades técnicas no contexto agrícola regional. Também vai ajudar aqueles que desejam iniciar atividades e empreendimentos dentro de suas terras", afirmou André Luiz Schilling, responsável da Funai na região.

O Supervisor do Senar-MT da Regional de Querência, Kleber Muller, esteve presente no local junto a representantes da Funai. Segundo ele, a parceria foi primordial para que a comunidade possa se desenvolver na agricultura. "Esse curso foi muito importante, porque eles aprenderam a operar o equipamento desde o básico. Queremos ofertar outras capacitações para atender a demanda tanto dessa aldeia quanto das demais aldeias na região leste, que também pretendem iniciar plantios com maquinários".

Para conhecer os cursos disponíveis em cada região, basta entrar em contato com o Sindicato Rural de cada município.
 
 Imprimir