Domingo, 14 de Abril de 2024 (66) 98428-3004
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agronegócios

28/03/2022 | 17:56

Novo bioestimulante chega ao mercado brasileiro

Tecnologia à base de aminoácidos transfere mais vigor às plantas e reforça resistência frente às adversidades do ambiente, segundo informa a empresa

Redação Repórter Agro com ASCOM

Novo bioestimulante chega ao mercado brasileiro

Foto: Reprodução.

 
A divisão brasileira da companhia de origem ítalo-japonesa Sipcam Nichino anuncia o lançamento do bioestimulante Stilo® Verde. Indicado à maioria dos cultivos existentes no País, o produto contém aminoácidos e nutrientes na formulação. “Estas características fomentam a produtividade. Transferem ainda mais vigor às plantas, sobretudo nos momentos em que o ambiente impõe adversidades a cultivos”, diz Fabiano Meyer, especialista em desenvolvimento de mercado de bioestimulantes e herbicidas.
 
O novo Stilo® Verde é descrito como um fertilizante organomineral enriquecido por nutrientes potencializadores de processos fisiológicos de plantas. “Resultados a campo apontam que Stilo® Verde contribui para dotar cultivos de mais resistência e elevar sua capacidade fotossintética. Tais efeitos auxiliam plantas no enfrentamento de estresses durante o ciclo reprodutivo e tendem a aumentar a produtividade”, reforça Meyer.
 
De acordo com ele, os dados de campos demonstrativos do bioestimulante atestam que, nessas áreas, foram colhidos milho e soja com grãos mais pesados do que os provenientes de outros tratamentos. No café, além de grãos mais robustos, houve rendimento superior, assim como no tomate, cujas lavouras produziram frutos maiores. Já na cana-de-açúcar, Stilo® Verde resultou na elevação do indicador TCH (tonelada de cana por hectare).
 
Fabiano Meyer destaca ainda que o novo Stilo® Verde passará a compor a Plataforma Tecnológica de Bioestimulantes da Sipcam Nichino, também formada pelos produtos Abyss®, Blackjak® e Nutex® Premium.
 
“Trata-se de um conjunto de soluções, para ser aplicado de maneira alternada, sequencial ou complementar, nas diferentes fases fenológicas de cultivos brasileiros. Em conjunto, a plataforma promove plantas mais resistentes às adversidades do ambiente, ativa sistemas de defesa, aumenta a absorção de água e nutrientes e favorece o aumento da produtividade e da rentabilidade das propriedades”, finaliza Meyer.
 
Criada em 1979, a Sipcam Nichino resulta da união entre a italiana Sipcam, fundada em 1946, especialista em agroquímicos pós-patentes e a japonesa Nihon Nohyaku (Nichino). A Nichino tornou-se a primeira companhia de agroquímicos do Japão, em 1928, e desde sua chegada ao mercado atua centrada na inovação e no desenvolvimento de novas moléculas para proteção de cultivos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Desenvolvido por Investing.com
Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.
 
Sitevip Internet
Fale conosco via WhatsApp