Domingo, 25 de Fevereiro de 2024 (66) 98428-3004
informe o texto a ser procurado

Notícias / Agricultura

07/12/2023 | 13:17

Cenário de incertezas: clima impacta produção de grãos

Estimativas apontam para colheita de 312,3 milhões de toneladas, com influência do clima desafiador em diferentes regiões do Brasil

AGROLINK -Aline Merladete

Cenário de incertezas: clima impacta produção de grãos

Foto: Banco de Imagens

A produção de grãos no Brasil para a safra 2023/24 está prevista para atingir 312,3 milhões de toneladas, segundo o 3º Levantamento da Safra de Grãos, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira (7). No entanto, um cenário desafiador marcado por condições climáticas adversas, como baixa ocorrência de chuvas e altas temperaturas, projeta uma queda de 2,4% em relação à temporada anterior.

O diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, Sílvio Porto, destaca a importância do monitoramento contínuo das áreas produtoras diante do comportamento climático influenciado pelo fenômeno El Niño. A baixa ocorrência de chuvas e altas temperaturas no Centro-Oeste, somadas ao excesso de precipitações no Sul, notadamente no Rio Grande do Sul, impactaram o desenvolvimento de culturas cruciais como soja e trigo.

O arroz, fundamental para o abastecimento interno, prevê uma alta na safra de 7,5%, alcançando até 10,79 milhões de toneladas. Contudo, as condições climáticas adversas no Rio Grande do Sul têm gerado umidade excessiva no solo, prejudicando a semeadura e tratos culturais.

O feijão, outro produto consumido amplamente no país, apresenta cenários diversos nas diferentes regiões. Em São Paulo, as condições são favoráveis, enquanto em Minas Gerais, as altas temperaturas e irregularidade de chuvas impactam as operações.

A soja, principal cultura do país, enfrenta atrasos no plantio em todas as regiões produtoras. O clima irregular sinaliza uma possível redução na produtividade, especialmente no Centro-Oeste. A estimativa de produção da soja nesta safra é de 160,2 milhões de toneladas, mas o desempenho final será monitorado de perto pelos especialistas da Conab.

O milho 1ª safra, também impactado pelos extremos climáticos do fenômeno El Niño, projeta uma produção de 25,3 milhões de toneladas, uma queda de 7,5% em relação à safra anterior. A colheita total de milho está estimada em 118,53 milhões de toneladas.

Nas culturas de inverno, a produtividade caiu em quase todos os produtos em comparação com a última safra. O trigo, principal produto dessa categoria, enfrenta desafios como chuvas volumosas, granizo e ventanias no Rio Grande do Sul, dificultando a conclusão da colheita. A estimativa de produção de trigo é de 8,1 milhões de toneladas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Desenvolvido por Investing.com
Resumo Técnico fornecido por Investing.com Brasil.
 
Sitevip Internet
Fale conosco via WhatsApp